sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Arte em telhas

Passeando pelos blogs da vida (http://artemagica.wordpress.com/ , http://deliziosodecoupage.blogspot.com/) encontrei estes trabalhos em telhas. Achei tão lindos que resolvi postar e deixar como ideias pra quem faz este tipo de arte. Bjs Dária

FOTOS RETIRADAS DO http://deliziosodecoupage.blogspot.com/




---------------------------------------------------------------

FOTOS RETIRADAS DO http://artemagica.wordpress.com/






sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Sintomas pós-cirurgicos?


Oi gente,
Sei que muitos que me visitam e acompanham já fizeram cirurgia para retirada da tireoide como eu. Estou com algumas dúvidas e gostaria, se possível, que aqueles que passaram pelo mesmo problema,deixassem um recadinho pra mim ok? É o seguinte...depois que operei dia 22 de julho/10, só consegui começar a fazer a reposição hormonal 2 meses depois da cirurgia. Não sei se foi por ter demorado muito a começar com a reposição dos hormonios mas, depois que operei, minha boca parece que está com sal grosso de tão salgada. Não consigo dormir respirando pelo nariz, só pela boca e quando acordo de manhã estou com a boca sem saliva nenhuma e normalmente a lingua fica colada no céu da boca. Cola de tal forma, que não posso falar antes de lavar os lábios e a boca por dentro com bastante água para descolar, senão parece que a pele do céu da boca vai se partir. Minha filha disse que faço tanto barulho pra respirar quando durmo, que ela teve que dormir no outro quarto pois não estava conseguindo dormir com o barulho que eu faço agora. Meu sono agora é tão pesado que a casa pode cair que eu não acordo ( Como antes eu ficava até 4 dias sem dormir acho que nao devo reclamar...rsrsrs) e nos ultimos dias durmo o dia inteiro e a noite tambem. Só acordo quando me chamam pra me alimentar e tomar os remédios...
Tenho tido muitas câimbras no corpo todo e cansaço em excesso. O endocrino disse que a medida que for ajustando o remedio os sintomas vão melhorar, mas já estou a quase um mês tomando a dose de 100mg do levoid e até agora nada. Meus olhos amanhecem colados e durante o dia lacrimejam sem parar. Meus ouvidos coçam e estão ressecados e se passar o dedo no canal auditivo sai tipo uma casca seca. Estou preocupada, por favor me digam, voces que ja operaram tiveram algum desses sintomas pós-cirurgicos? Agradeço a atenção e um enorme beijo a todos voces...
Dária Vaz

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Vestido de Croche



Material
• 4 novelos de Linha Cléa da Círculo na cor 4514
• 1 agulha para crochê
• 1 ganchinho para fechar o cinto

Pontos utilizados
pa = ponto alto
pb = ponto baixo
corr = correntinha
ponto fantasia = siga o gráfico correspondente

Amostra
Um quadrado de 10 cm em pa = 27 p. x 10 carr. Em barra em relevo = 27 p. x 16 carr.


Execução

Blusa – frente

Fazer uma corr. de aproximadamente 96 p. mais 3 p. para virar e trabalhar em barra em relevo seguindo o gráfico nº 1. A 10 cm do início do trabalho para as cavas deixar de fazer de cada lado em cada carr.: 5 p. , 4 p., 2 p. e 1 p. 4 vezes. Ao mesmo tempo, a 11 cm do início do trabalho, para o decote deixar de fazer os 15 p centrais e trabalhar cada lado separadamente, deixando de fazer do lado do decote em cada carr.: 1 p. 15 vezes. A 27 cm do início do trabalho parar.

Blusa - costas

Começar como na frente e trabalhar até 3 cm do início do trabalho. Nessa altura fazer o decote como na frente. A 10 cm do início do trabalho fazer as cavas como na frente. A 30 cm do início do trabalho parar.

Saia

Costurar os lados da blusa. Usando a mesma corr. de montagem da blusa trabalhar do seguinte modo: na mesma direção dos 3 p. centrais do decote da frente, decote costas e das cavas trabalhar o ponto fantasia seguindo o gráfico nº 4 , e entre ele o ponto fantasia nº 2. Na 44ª carreira aumentar um lequinho de cada lado do ponto fantasia nº 2. Terminado o gráfico nº 4, trabalhar em todos os pontos o ponto fantasia seguindo o gráfico nº 3 durante 3 carr. em seguida fazer toda volta uma carr. em pb.

Cinto
Fazer uma corr. de 12 p. e trabalhar em barra em relevo seguindo o gráfico, porém com 4 pontos para cada lado. A 73 cm do início do trabalho, fazer toda a volta do cinto uma carr. de pb, uma carr. de arcos (= 1 p.b, 3 corr.) e uma carr. de p.b.. Tiras de amarrar – Fazer uma corr. de 8 p. mais 3 corr. para virar e trabalhar em pa. A 45 cm do início do trabalho deixar de fazer a cada 2 carr. 1 p. 3 vezes, em seguida fazer a toda a volta do trabalho uma carr. de pb. e parar. Fazer 2 tiras iguais.

Acabamento

Costurar os ombros. Fazer a toda a volta do decote da frente e costas 3 carr. de pb. uma carr. de arcos (= 1 pb e 3 corr.) e uma carr. de p.b. Fazer o mesmo trabalho a toda a volta das cavas porém com 2 carr. de p.b. no inicio. Fazer 2 corr. de aproximadamente 6 cm e prender uma de cada lado entre a saia e a blusa na direção das cavas. Costurar as tiras de amarrar uma na ponta do cinto e a outra a 7 cm da outra ponta. Prender o gancho no avesso do cinto a 7 cm da ponta onde a tira foi costurada na ponta. Usar o vestido com um forro da mesma cor.







Vestido de festa em Croche




Tamanho P


Material
• Linha Brisa (cone com 1500 m) da Pingouin, 2 cones na cor Branco
• Agulhas para crochê n° 0; 2,5; 3,0; 3,5; 4,0 e 4,5 mm
• 1,30 m de tecido com elastano (sugestão: elanca) para fazer o forro

Pontos empregados
• Correntinha (corr.), ponto baixíssimo (p.bx.), ponto baixo (p.b.) e ponto alto (p.a.)
• Ponto Rede Duplo: *1 p.a., 2 corr.*.
• Ponto Rede Simples: *1 p.a., 1 corr.*

Execução e acabamento
O vestido é trabalhado em uma peça só. Trabalho realizado em círculo. Acompanhe o diagrama 3 para a montagem.

Com a agulha n° 0, faça um cordão de correntinhas de 86 cm e feche em círculo. Trabalhe duas carreiras de ponto rede duplo. Depois trabalhe 4 carreiras de ponto rede simples. Mude para o diagrama 1 e trabalhe o ponto por 14 cm.

Coloque a peça de crochê pronta em cima de uma superfície regular e marque 21 cm de cada lado para as cavas. Prenda a linha com 1 ponto baixíssimo em um dos lados, mude para a agulha 2,5 mm e trabalhe em carreiras circulares para formar o corpo da blusa acompanhando o diagrama 1, aumentar 25 correntinhas embaixo dos 21 cm deixados para formar as “cavas”. Continue trabalhando, trocando de agulhas a cada 8 cm, essa troca de agulhas formará a roda do vestido e dará um caimento melhor ao corpo.

Terminar o trabalho com a agulha 4,5 mm. Continuar trabalhando o diagrama 1 por 65 cm a contar de baixo do braço. Mude para o diagrama 2 e arremate.

Acabamento: costure o forro por dentro do vestido

Esquemas

Diagrama 1



Diagrama 2




Diagrama 3

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Pintura em Telha de Cerâmica

Estas fotos achei no orkut em AS ARTES DO CICA





Mais algumas ideias de modelos que achei por aí:





------------------------------------------------------------------------------------
Modelo do passo a passo



Se quiser assistir ao video da aula acesse:

www.programaartebrasil.com.br

depois vá em Passo a Passo,
depois clique no calendário no dia 20.10.2009 e clique em assistir esta aula.


Técnica: Pintura em Telha de Cerâmica

Pintura em Telha de Cerâmica - Helenice Carvalho

Artesão (a): Helenice Carvalho
Exibição:
20.10.2009
Contato: (11) 2442-7447
Site:
www.arteemtelhas.blogspot.com
Materiais:
Telha plana
Pedra para amolar faca
Palitos de picolé
Massa para biscuit nas cores marrom, verde e amarelo
Hidro betume
Goma laca indiana
Tinta acrílica ou P.V.A. nas cores branco, amarelo claro, verde escuro e verde claro.
Papel cartão
Cola branca
Arame galvanizado
Massa de epoxi
Pincéis de cerdas macias nº 00, nº 10, n° 14 e n° 22.
Rolinho de espuma
Coador de chá
Esteca para biscuit.
Verniz acrílico
Tinta relevo nas cores amarelo e branco
Régua
Passo a passo:

A) O preparo da telha
1- lixar a telha com lixa grossa (tipo pedra para amolar facas) em toda a sua volta para eliminar a superfície cortante e evitar acidentes e limpá-la com um pano úmido para retirar o pó.
2- aplicar 2 ou 3 demãos de tinta pva ou acrílica branca, usando o rolinho de espuma. Esperar a secagem entre as demãos. O tempo da secagem dependerá da temperatura do dia e do vento.
3- se houver imperfeições na telha, cobrir com biscuit ou com massa corrida o local.
4- efetuar o trabalho na telha.

B) A execução do trabalho
Obs: todas as colagens executadas na telha, tanto dos palitos, do papel cartão, bem como dos itens de biscuit, foram realizadas com cola extra (rótulo azul - usada na confecção de biscuit)
Telha usada: telha plana (parte côncava)
O gancho para pendurar a telha: deve ser feito com um arame que não enferruje e é aplicado sobre a telha com resina epóxi. Deixe secar de acordo com as instruções da embalagem do produto (epóxi) para que o gancho fique firme e seguro.
Pintura da telha: Pintar a telha com tinta acrílica ou pva na cor escolhida (no caso amarelo claro)usando o rolinho de espuma ou pincel largo e macio (22), aguardar a secagem. Se precisar, dê mais uma demão.
Gramado na parte de baixo: use um pincel bem fino e macio (n°00) para fazer longos fios de grama. Mergulhe o pincel na tinta verde e, de baixo para cima, faça a grama de modo que o fio termine bem fino em cima.
Com um pincel macio (nº 6) mergulhe a ponta na tinta verde mais escura e retire o excesso num pano ou papel toalha.
Vá dando leves batidinhas na parte debaixo da telha cobrindo algumas partes dos fios de grama, assim você formará um gramado. Agora com uma tinta verde mais clara e usando o mesmo pincel anterior repita as batidinhas de modo que elas fiquem mais espaçadas em relação as anteriores. A tinta mais escura usada primeiro dará uma idéia de sombra e a mais clara dará uma idéia de luz.
Com pinguinhos de tinta relevo pode-se desenhar algumas florzinhas em cima deste gramado, caso deseje.
Cerca de madeira: sobrepor (colar) uma parte de um palito sobre outro de modo que o tamanho final coincida com a largura da parte inferior da telha (fazer 4 unidades). Duas duplas de palitos são colocados juntos em cima e as outras duas em baixo para formar a estrutura da cerca. Sobre esta estrutura cole de 2 em 2 palitos, dando um espaço para os próximos, até que tenha colado 5 duplas. Assim a cerca fica pronta.
Após seca, pinte-a com hidro betume, previamente impermeabilizada com goma laca indiana, usando um pincel macio (nº14). Se desejar uma cerca de outra cor, pinte-a com tinta acrílica na cor desejada.
Janela de madeira: Como a janela tem um formato arredondado os palitos são cortados em duplas (de um mesmo tamanho) e em ordem crescente das laterais para o centro. Para que a janela fique num tamanho maior, corte mais um fileira de palito, agora todos do mesmo tamanho e em número proporcional aos anteriores e cole logo abaixo. Pinte a janela na cor desejada com tinta acrílica ou conforme o modelo onde foi usado hidro betume (processo idêntico ao da cerca).
A emenda formada pelos palitos é coberta colando-se um rolinho de biscuit sobre ela. Fazer um outro rolinho e colar na parte de cima para dar simetria.
Floreira na janela: fazer um rolo de biscuit marrom compatível com a largura da janela e achatá-lo. Com uma esteca ou com um rolinho (com desenho de tijolo) fazer os tijolinhos. Este rolo de biscuit é colado na parte inferior da janela.
Graminha da janela e as flores: a graminha é feita com a massa de biscuit verde e uma peneirinha de coar chá. Aperte a massa do lado de dentro da peneirinha e a grama sairá pronta do outro lado. Corte com uma régua ou esteca e cole sobre a janela. Sobre a grama cole florzinhas de biscuit (podem ser feitas à mão ou em forminhas).
A sustentação do Telhado: feita com papel cartão duplo de modo que a parte superior da telha fique fechada. Acima do mesmo (na parte posterior) coloque duas porções de massa de biscuit (arredondadas) uma de cada lado sendo que estas garantirão a sustentação do telhado que será colocado em seguida.
O telhado: é preparado com um tamanho proporcional a largura da telha na parte superior. Ele é montado (colado) com palitos em cima de um papel cartão e depois colado em cima das duas bases citadas anteriormente.
Esta colagem se dará no sentido de que o telhado fique inclinado para frente, lembrando um telhado normal de uma casa. Para um melhor acabamento finalizar a parte mais superior do telhado colando um rolo de biscuit marrom de uma extremidade a outra.

Depois de seco é só envernizar com verniz acrílico ou verniz geral e pendurar para enfeitar o ambiente.

Como assistir as video aulas


Me parece que estao com dificuldades para assistir as video aulas do programa arte brasil.Vou tentar explicar. OK?!

Acesse:

www.programaartebrasil.com.br

Vá em Passo a Passo que fica no lado esquerdo da tela e clique,
já no passo a passo clique no calendário que fica no lado direito em cima do dia da aula que você quer assistir ao video.
No centro da tela vai aparecer passo a passo com foto da aula do dia que voce escolheu, o nome do artesao e abaixo escrito
Acompanhe o passo a passo Clique aqui.
Voce clica e vai aparecer a técnica da aula e a lista de material e em cima no lado direito uma tarja dizendo...clique para assistir esta aula.
Clique aí e pronto vai aparecer um quadradinho do video bem pequeno. Aí voce clica duas vezes na imagem que ela vai ficar grande.
Se quiser que fique pequena de novo é só apertar a tecla ESC do teu teclado. Espero ter ajudado.
Beijos...Dária
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS POPULARES

ARQUIVO DO BLOG